Warning: include_once(/home/apcefrs/public_html/web/../var/bootstrap.php.cache): failed to open stream: No such file or directory in /home/apcefrs/public_html/web/app.php on line 11

Warning: include_once(): Failed opening '/home/apcefrs/public_html/web/../var/bootstrap.php.cache' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/apcefrs/public_html/web/app.php on line 11
Apcef/RS

ASSOCIE-SE

Associe-se e desfrute de muitas vantagens

CLIQUE AQUI

Entre em contato 51 3268-1611

A+ A-

21/01/2022

ENTREVISTA NO JOÃO DE BARRO: Presidência da APCEF fala sobre planos para o ano que se inicia e para a gestão Construindo o Bem Comum

Entrevista JB

A atual presidência da APCEF/RS assumiu no dia 31 de maio de 2021. Marcos Todt, como presidente, e Naiara Machado da Silva, como vice-presidenta, dirigem a Associação no mandato que vai até maio de 2024.

[Esta é uma entrevista publicada originalmente na edição mais recente do jornal João de Barro, de janeiro de 2022, na qual a Presidência da APCEF/RS fala sobre seus planos para o ano que se inicia e para a gestão Construindo o Bem Comum]

Ele é de Porto Alegre. Doutor em Ciências Sociais pela PUCRS, foi presidente da Associação entre os anos de 2012 e 2015, na gestão que, dentre outras conquistas, inaugurou a nova sede em Tramandaí. Ela é natural de Tapes, vive em Porto Alegre, foi codiretora de Cultura na entidade, é também Diretora da Região Sul da Fenae e doutoranda em Desenvolvimento Rural pela UFRGS.

Eles falaram ao João de Barro acerca de seus planos para o ano que se inicia e para a gestão como um todo – nestas páginas, saiba o que pensa a atual Presidência da Associação sobre temas como mobilização da categoria, o papel da APCEF no lazer, no esporte e na cultura, sobre o patrimônio da entidade e a nossa atuação em temas de interesse da sociedade.

João de Barro: Todt, você era o presidente da APCEF em uma gestão que realizou grandes conquistas. Dentre elas, a inauguração do Espaço Bem Viver de Tramandaí. Como é voltar a ser presidente da Associação, seis anos depois?

Todt: É verdade, aquele momento foi marcante para a entidade, e uma experiência muito rica para mim. A inauguração da sede em Tramandaí, sem dúvida, foi um dos grandes feitos da história da APCEF. Inauguramos a sede dentro do prazo, e ainda com dinheiro sobrando no fundo de construção. Estes recursos foram úteis para a construção das novas cabanas em São Chico, que a gestão seguinte, liderada pelo Marcello Carrión, conseguiu fazer. Foi emocionante a participação de colegas de todo o estado para a gente conseguir erguer o prédio em Tramandaí. Fizemos muitas ações, muita gente se envolveu, foi incrível. E, claro, foi uma gestão muito atuante em todas as frentes, na cultura, esporte, defesa dos nossos direitos, social e lazer. Eu não esperava voltar a ser presidente, mas a vida me levou a isto e estou muito motivado. Amo a APCEF, o trabalho coletivo me encanta, e estou rodeado de pessoas maravilhosas que se propõem a dar sua contribuição em favor do Bem Comum. Além disso, a atual gestão tem uma característica maravilhosa: trouxe novas caras para a gestão da entidade, sem deixar de lado as pessoas experientes e que tanto já contribuíram. É a mistura ideal. O interior do estado está muito bem representado, tanto na diretoria como nos conselhos, o que me deixa muito satisfeito. E a Naiara, nossa vice-presidenta, é um exemplo de renovação na Associação, e ela tem uma dedicação pela APCEF marcante e um ritmo de trabalho extraordinário. Por tudo isto tenho certeza de que faremos muito juntos. Continuaremos fazendo história.

João de Barro: E para você, Naiara, como é esta responsabilidade de ser vice-presidenta da nossa Associação?

Naiara: Bem, para mim, é um grande desafio e, claro, um prazer. Me encantei com a APCEF desde o primeiro dia em que a conheci, no tradicional jantar após o curso de Integração da Caixa, promovido com o apoio do Núcleo de Cultura Gaúcha da APCEF, no ano em que ingressei, 2010. Após um dia de treinamento intenso, ser recebida com todo o carinho e empolgação, por um pessoal que acredita tanto naquilo que faz é algo inestimável, que vibra energia positiva. Daí em diante, sempre acompanhei a APCEF nas diversas frentes em que atua e luta, como as campanhas em defesa da Caixa Pública, que foram várias no decorrer desses anos, sempre estimulando a participação e gerando engajamento de tantos colegas. Como representante da Associação na minha unidade, ao ter a missão de compartilhar os materiais e eventos da APCEF com colegas, fui me apropriando também desse mundo rico que constitui nossa Associação. Teve importante impacto na minha trajetória, ainda, o projeto de Formação de Novas Lideranças, o “Líder A”, do qual comecei a participar ainda em 2016 e, claro, a partir daí ficou ainda mais evidente a afinidade que tinha com as temáticas e pautas defendidas pela Associação. Participava também das oficinas literárias da APCEF, então foi gradativa e natural essa aproximação. Poder atuar hoje, junto ao Todt na presidência, me conecta à sua rica experiência na jornada de construção de espaços, de vivências, de conquistas. Sinto-me realmente honrada por integrar uma gestão formada por pessoas que trabalham incansavelmente para trazer excelência a nossa Associação.

João de Barro: Vocês poderiam nos contar um pouco dos planos da atual gestão, até 2024?

Todt: Sim, claro. Temos muitos projetos em várias frentes. No patrimônio, vamos buscar o sonho da construção da nossa sede em Santa Catarina. Tenho certeza de que vamos conseguir. Vamos investir de modo continuado em energia solar, gerando cada vez mais economia para a entidade, e contribuindo com o meio ambiente. Estamos muito motivados para o retorno das atividades, mantendo todos os grandes eventos do passado e criando sempre novidades no esporte, no lazer e na cultura. O fórum de representantes da APCEF, que mantém a turma de todo o estado unida e pensando junto estratégias para a Associação, seguirá sendo uma das prioridades. E, é claro, não abrimos mão de continuarmos sendo uma grande referência na luta pelos nossos direitos, na defesa da Caixa como banco público e na defesa de pautas ecológicas e sociais.
Naiara: Perfeito, além de todas essas ações e iniciativas que temos realizado, poder retomar os encontros presenciais nos dá ainda mais ânimo de renovação, de aprimorar o que temos construído. Seguiremos caminhando na direção de acolher todas as pessoas, de distintas idades, da ativa, aposentadas, da capital, do interior, nessa linda família APCEF. Seguir também investindo no trabalho conjunto com outras entidades, como os projetos com a FENAE, sempre mantendo a autonomia característica da APCEF Gaúcha. Atuaremos também com parceiros como a ONG Moradia e Cidadania, fomentando a colaboração e a solidariedade, convergindo nessa disposição de sempre agregar.

João de Barro: Quais são os objetivos especificamente para o ano de 2022 na APCEF/RS?

Todt: Muitos! Dentre eles, posso destacar: iniciar a construção da nossa nova sede em Santa Catarina. Sobre isto, faço questão de destacar que o terreno, onde hoje temos um camping, foi adquirido na gestão do Waldy. Não tive o prazer de conhecê-lo, mas sei de sua trajetória e, ainda hoje, ouço falarem dele com muito respeito e carinho. Outro plano é inaugurar a usina solar que nos dará autossuficiência energética em Porto Alegre. Seguir atuando nas questões trabalhistas e previdenciárias, e gerindo a Associação com bases cada vez mais fortes. Vamos ser sempre ativos para aproximar, associar e promover ações de interesse de associados de todas as idades. E, claro, trabalhar para que tenhamos o retorno de todas as atividades com muito sucesso. A atuação da APCEF nunca parou, mas tudo faz mais sentido quando podemos nos encontrar.
Naiara: É isso, temos muitas ações e novos projetos, para além dos espaços, contamos com várias pessoas novas que integram a diretoria e o conselho deliberativo e trazem suas experiências para agregar nessa construção coletiva. Estreitar ainda mais os laços com as coordenações das Regionais também é um objetivo que já está sendo cumprido. Estamos trabalhando e já realizando muito e, claro sempre evoluindo, nessa importante missão à qual nos propomos. E aprimorar serviços, processos, espaços também faz parte desse propósito. Nesse sentido, a formação em Administração tem me ajudado a vislumbrar o quão ampla é a APCEF em termos de atuação e de visão e me instigado a buscar cada vez mais transpor limites.

João de Barro: 2022 será novamente um ano de desafios para o pessoal da Caixa e para a categoria bancária – é novamente ano de campanha salarial. Qual deve ser o papel da APCEF nesse processo?

Todt: A APCEF/RS é mais que um clube. Aqui no Rio Grande do Sul, a APCEF é uma entidade que possui a confiança das bancárias e dos bancários, e, com certeza, é a entidade mais procurada para resguardar direitos, tanto de quem está na ativa como dos aposentados e aposentadas. Temos know how sobre as questões específicas da Caixa e estamos sempre à frente das maiores lutas, inclusive liderando campanhas em defesa da Caixa e enfrentando com força e qualificação os lobbys privatistas. Nossa diretora de Relações de Trabalho, a Michele Venzo,  faz parte da Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa). Ela é uma das novas lideranças da Associação,  nunca havia feito parte da diretoria, e já tem se consolidado como referência em todos os assuntos que envolvem nossos direitos. O Henrique, mais conhecido como Tubarão, trabalha junto nesta pasta e tem uma larga experiência sindical, sempre com postura condizente com o interesse da categoria. Faremos nossa parte: atuaremos com coragem, capacidade de diálogo, autonomia e com muita qualificação.

Naiara: A APCEF sempre manteve um papel protagonista na luta em defesa da Caixa e este ano será bem importante nesse âmbito. As tantas campanhas de sucesso que a APCEF já promoveu por uma Caixa pública demonstraram o potencial que temos enquanto entidade que agrega os reais propósitos pelo Bem Comum, na luta por direitos, por melhores condições de trabalho, e em especial pelo importante papel social intrínseco à Caixa e o qual a instituição deve desempenhar com força total. Para isso, nossa gestão está afinada e motivada.

João de Barro: Em uma conjuntura mais ampla, que não envolve somente as questões relativas ao pessoal da Caixa e à categoria, qual deve ser a atuação da APCEF?

Todt: A defesa da Caixa como banco do povo e 100% público sempre será uma prioridade para nós. Não há, no estado, entidade com maior capacidade do que a APCEF para cumprir esta missão. Para isto, temos que trabalhar em duas frentes: mobilizar os colegas e dialogar com a sociedade. Estamos preparados. Voltaremos a fazer ações em todo o estado, tanto internamente como para o público externo, nunca deixando sem resposta quem ataca os bancos públicos. Vamos para as rádios, para os atos, para as câmaras municipais, vamos atuar junto aos deputados e deputadas, enfim, vamos ocupar todos os espaços possíveis. Além disso, vamos agir em rede com quem busca, como nós, o Bem Comum. Por exemplo: as principais entidades ambientalistas gaúchas reconhecem o importante papel da APCEF na sociedade gaúcha. Somos entidade fundadora do Comitê de Combate à Megamineração no Rio Grande do Sul, e o Comitê tem cumprido um papel fundamental na defesa de nossos biomas. E sempre estamos dispostos a contribuir com projetos solidários e que dialoguem com nossos valores. Seguiremos com este trabalho, cada vez mais forte, cada vez mais motivados para, como diz o slogan desta gestão, construir o Bem Comum.

Naiara: Olha, faço minhas as palavras do Todt, a atuação da APCEF vem num sentido de defender as pessoas, a natureza, o espírito coletivo e promover os melhores valores e propósitos humanos; isso nos inspira, a cada dia.

João de Barro: Muito obrigado pela entrevista! Que mensagem final vocês gostariam de deixar para os leitores e leitoras?

Todt: Agradeço pelas perguntas e agradeço também a quem está nos lendo. Tenho um profundo carinho por todas as pessoas, do interior e da capital, que construíram e constroem a nossa Associação. A cada dia eu renovo minhas energias lembrando de exemplos disto, ou conhecendo novos exemplos inspiradores. Você, associado e associada, nos ajude a reverberar este carinho que temos pela APCEF. Precisamos valorizar isto, contar nossa história, vestir a camiseta da Associação. Isto é importante, inclusive, para que as novas gerações sigam com esta nossa linda cultura associativa. Contem sempre com nossa dedicação pela família APCEF, pelas boas causas, pelo Bem Comum. Vamos juntos mostrar que o trabalho coletivo e solidário existe de verdade e traz bons resultados!

Naiara: Quero agradecer muito, essa saudação do Todt me contempla, quando acreditamos naquilo que fazemos, nosso sentido de vida se sustenta e se fortalece. Que sigamos juntos e juntas nessa jornada.

Últimas Notícias


Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal do Rio Grande do Sul
Gestão CONSTRUINDO O BEM COMUM - 2021/2024
Avenida Coronel Marcos, 851, Ipanema, Porto Alegre / RS | CEP 91760-000
Telefone: (51) 3268-1611 | Fax: (51) 3268-2700